Acesso à informação Portal Brasil  
Embrapa Uva e Vinho Embrapa Uva e Vinho

Acesse também

Acesso à Informação
Seleção de Chefe Geral
Sistemas de produção Agência de Informação Embrapa
Sistemas de produção Sistemas de Produção
Informação para criação e cultivo
Produtos e Serviços Catálogo de Produtos e Serviços
Memória Embrapa Memória Embrapa
A história da Embrapa
Proeta Proeta
Incubação de agronegócios
ISTW International Symposium on Tropical Wines
Vitibrasil Vitibrasil
Dados da Vitivinicultura
Cadviti Cadviti
Cadastro Vitícola do Rio Grande do Sul
Uvas do Brasil Arranjo
Uvas do Brasil
Embrapa Uva e Vinho
Página Inicial Fale conosco Embrapa Sede Ouvidoria
Buscar

Apresentação

A produção de uvas no Brasil tem sido uma atividade desenvolvida em pequenas propriedades rurais com uso de mão-de-obra familiar, principalmente nas regiões sul e sudeste do país, diferente do que ocorre na região nordeste, onde prevalecem grandes empresas rurais. A viticultura, independente do destino da produção, é uma atividade geradora de emprego e renda, auxiliando, assim, na fixação do homem no campo e gerando riquezas na região onde ela se consolida.

Os trabalhos conduzidos anteriormente pela Embrapa Uva e Vinho têm dado subsídio técnico para a produção de uvas destinadas à elaboração de vinhos comuns de mesa e para a produção de uvas finas de mesa sem sementes em diferentes regiões do centro-sul do Brasil. O estabelecimento de técnicas de manejo da cultura, a definição de parâmetros para o processamento mínimo de uvas sem sementes e a avaliação de novos materiais têm contribuído para esses resultados. Em relação ao controle fitossanitário da videira, já foram avaliados diferentes esquemas de pulverizações no controle das principais doenças, como míldio, oídio e antracnose. Além disso, as informações climáticas e referentes à demanda hídrica da cultura permitem aos produtores das regiões estabelecerem as melhores épocas do ano para o cultivo e um manejo racional dos recursos hídricos.

Há a necessidade, contudo, de dar continuidade a essas ações de pesquisa, como nas avaliações de novas cultivares e seleções, visando ampliar a disponibilidade de materiais para mesa e indústria aos produtores. Ajustes no manejo da planta devem, também, continuar sendo realizados a fim de melhorar a qualidade final do produto, assim como estudos sobre tecnologias pós-colheita necessitam dar prosseguimento, visando agregar valor à produção. Além disso, menores dosagens e freqüência de aplicação, bem como outros produtos e métodos alternativos para o controle de doenças, como o uso de plasticultura, por exemplo, precisam ser avaliados. Deve ser incrementada, também, a eficiência no uso dos recursos hídricos, estabelecendo níveis de irrigação que permitam um desempenho satisfatório da cultura com menor consumo de água e energia. Por outro lado, estudos sobre a necessidade nutricional da videira, que não haviam sido contemplados anteriormente, necessitam ser implementados para o estabelecimento de sistemas de produção mais adequados à cultura.

Deve-se considerar, ainda, que para determinar a viabilidade de um sistema produtivo em uma região é indispensável a avaliação econômica do mesmo e do impacto da atividade sobre o meio ambiente, buscando-se adequar a viabilidade técnica e econômica da atividade com a sustentabilidade dos recursos naturais.

O Projeto tem, assim, como objetivo geral desenvolver tecnologias que visem a sustentabilidade dos sistemas de produção de uvas em pequenas propriedades rurais.

Como objetivos específicos pretende-se, com o Projeto:

  1. Estabelecer técnicas de manejo fitossanitário da cultura com menor custo e menor impacto ambiental.
  2. Desenvolver estratégias de manejo da água e do solo que proporcionem um uso mais eficiente dos recursos naturais.
  3. Estabelecer cultivares, seleções e técnicas de manejo de plantas que permitam o aumento da produtividade e a melhoria da qualidade final do produto.
Copyright © Embrapa Uva e Vinho. Todos os direitos reservados.
Mais informações: cnpuv.sac@embrapa.br
Última modificação: 2013-11-13
Rua Livramento 515, Caixa Postal 130
95700-000 Bento Gonçalves, RS - Brasil
Fone: (54) 3455-8000 - Fax: (54) 3451-2792